04/01/2011

Self defense

Eu não sou real, você não é real..
Como viveria a vida real se sou um reflexo das falhas de quem nunca conheci?

Ingênuidade meu caro, não busco um mundo encantado, não satisfaço todos meus anseios, não sou aura de arte alguma.
Eu nasci dos meus medos mais ocultos, e cresci nos tapas na cara que levei.
Ninguém nunca vai me conhecer, nem quem olha no fundo dos meus olhos.
é muito profundo e inocente dizer conhecer alguma dessas almas viajantes desse mundo interrogação.
Caros companheiros, mesmo que passassem horas ouvindo, falando ao meu lado, jamais seria possível conhecer, o ser por si só é teorema.

aquele que prova meus beijos, acompanha meus dramas, minhas lágrimas, que me proporciona a alimentação do meu hedonismo pensa, só pensa que me conhece.

e aos que julgam quem sou por uma página digital, que me julgam pelas falhas que cometeu.. esses me conhecem bem menos.

mudei muito.. mas nunca ousei patrocinar lágrima de princesas encantadas, tampouco rasgar cortina dos artistas desse teatro, não sei ser real.

Eu sou leal, receio dizer, jamais irá conhecer me..
ja proporcionou aos meus olhos reconhecer os vultos que admirei, porém minha audácia nunca me permitiu chamar pelo nome, ou fazer me real.
porque: se preciso estar presente para ser real.. logo, não existo.

discorda?
Ja viu o vento? ou ja reconheceu a cor da verdade?

[Direito de resposta]