29/08/2009

O Licor!

Sento-me e em angústia datilografando o antecessor ao medo, desnecessario!
vês como estou, adiando a dor, permaneço sentindo dor..
toda euforia me tira o ar, felicidade desesperadora.
sem capacidade de compreensão, gritos, tudo possivel pra chamar lhe atenção..
como chamar lhe atenção? de fato não tenho essa preocupação, sei bem dos torneios que disputas em solitária depreciação.
estou aprendendo.. cada dia, novos passos, rumos novos.. aprendizados!
despreparada?
SIM,
no entanto as crendices que vagam minh'alma são conspirações burocráticas demais para serem solucionadas, por nada.
permaneço congelada, e quem ja leu, bem lembra " sentada na escada"
á quem não compreende, a escada é minha evolução.. sentada na escada, parada no degrau do meio, inda pouco cansada e com preguiça pra subir a escada, sentada, esperando a hora adequada..
cuidado!
não se sabe quanto tempo mais continuarei sentada, e é provável que quando me levantar, subirei correndo pela escada, e num passo apenas, QUERO me encontrar no altíssimo degrau, munida de sabedoria, força, e sem cansaço pra me manter ali por mais tempo parada!
ou seja, nesse pequeno segundo terei alcançado o passo primoris do nível evolucionista que á todos aguarda largada!

( Não cais nas emboscadas! )

2 comentários:

Ahh...Line. disse...

sabe Ka... sempre sempre desde o inicio...

amei você!

e vc ainda me ama?

xero...

Denis Beck disse...

eu não li o da escada :/

haha.

lindo esse texto kah.